Pesquisa

Escola Superior de Enfermagem da Cruz Vermelha

Escola Superior de Enfermagem da Cruz Vermelha

2008-01-14 | Oliveira de Azemeis

A Escola Superior de Enfermagem da Cruz Vermelha Portuguesa de Oliveira de Azeméis, abreviadamente designada por ESECVP-OA, foi criada pelo Decreto 3/2002 de 6 de Fevereiro, tendo como entidade instituidora a Cruz Vermelha Portuguesa.

A portaria n.º 322/2002 de 23 de Março autorizou o funcionamento do Curso de Licenciatura em Enfermagem e aprovou o respectivo Plano de Estudos, tendo iniciado a sua actividade lectiva no dia 8 de Abril de 2002, com 52 alunos. Em Outubro do mesmo ano, a ESECVP-OA deu início ao segundo Curso de Licenciatura em Enfermagem com 50 alunos.

A portaria nº 1147/2002 de 28 de Agosto autorizou o funcionamento do Curso de Complemento de Formação em Enfermagem e aprovou o respectivo Plano de Estudos, iniciando o seu primeiro curso em Novembro de 2002, com 60 alunos.

No seu primeiro ano de vida, a ESECVP-OA contou com três cursos a funcionar com um total de 162 alunos. A portaria 1070/2003 de 26 de Setembro aprovou as alterações ao Plano de Estudos da Licenciatura em Enfermagem, procurando assim manter os seus programas actualizados e de acordo com as novas exigências e a evolução do ensino de Enfermagem.

No momento actual, encontram-se em funcionamento três Cursos de Licenciatura em Enfermagem e um Curso de Complemento de Formação em Enfermagem, num total de 197 alunos.

Curso de Licenciatura em Enfermagem

Características

O Curso de Licenciatura em Enfermagem tem a duração de 4 anos lectivos, divididos por 8 semestres, com um total de 4.685 horas das quais 2.135 horas são teóricas e teórico-práticas e 2.550 horas correspondem ao ensino clínico.

A estruturação do curso foi planeada de forma a que a aprendizagem do aluno seja progressiva, do conceito de saúde para o conceito de doença, ao longo da vida, tendo em conta os aspectos éticos e relacionais numa perspectiva holística, por forma a que, no final do curso, o aluno desenvolva competências que lhe permitam prestar cuidados de enfermagem nas diferentes fases da vida, a qualquer indivíduo, grupo ou comunidade.

A carga semanal média é de 30 horas para o ensino teórico, e de 35 horas, para o ensino clínico. O desenvolvimento curricular faz-se de forma integrada entre a componente teórica e prática.

O programa inclui aspectos inerentes à Cruz Vermelha: história e actividades do Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, e da Cruz Vermelha Portuguesa, Direito Internacional Humanitário, Convenções de Genebra, Protocolos Adicionais e Integração dos Serviços de Saúde da Cruz Vermelha.

Finalidade

O Curso de Licenciatura em Enfermagem tem por finalidade formar enfermeiros com formação científica, técnica, ética e relacional adequada à prestação de cuidados de enfermagem aos diferentes níveis de prevenção, dirigidos ao indivíduo, à família e à comunidade, com capacidade para participar na gestão de serviços de enfermagem, no ensino e na investigação. É também preocupação da ESECVP-OA formar enfermeiros no respeito pelos Princípios Fundamentais da Cruz Vermelha.

Condições de acesso e ingresso

Pré-requisitos de selecção
Exame de saúde.

Condições de acesso
- 12.º ano de escolaridade.
- Exame de ingresso de uma das seguintes disciplinas: Biologia, Química, Psicologia ou Sociologia.

Cálculo da nota de candidatura
- Nota final do Ensino Secundário - 65%.
- Nota do Exame de Ingresso - 35%.

Curso de Complemento de Formação em Enfermagem

Características

O Curso de Complemento de Formação em Enfermagem tem a duração de 1 ano lectivo com um total de 1.000 horas distribuídas por 34 semanas. A estruturação do curso foi planeada tendo em conta a aquisição de conhecimentos teóricos, bem como o desenvolvimento dos mesmos em contexto de trabalho. A carga horária semanal será, em média, de 24 horas, no ensino teórico, e 35 horas, no ensino prático.

Finalidade

O Curso de Complemento de Formação em Enfermagem tem como principal finalidade promover o reforço e o aprofundamento dos saberes em enfermagem, tendo como pontos de referência o curso de bacharelato e as experiências anteriores e actuais dos indivíduos em formação. Procurar-se-á garantir uma aprendizagem centrada em problemas de carácter humano, de relação, técnicos e científicos, em toda a extensão do ciclo de vida, a nível individual, de grupos e da comunidade.

Os seus principais objectivos são:

- Promover o desenvolvimento de competências que permitam a melhoria da prestação de cuidados de enfermagem a todos os níveis de prevenção, dirigidos ao indivíduo, à família e à comunidade.
- Motivar os formandos para a importância da investigação na área da enfermagem, tendo em vista a melhoria da qualidade dos cuidados e o desenvolvimento da enfermagem, como ciência.
- Planificar as acções de formação necessárias à educação do indivíduo, família e comunidade, com vista à promoção da saúde e prevenção da doença.
- Desenvolver competência ao nível da formação contínua, formação em serviço e auto-formação, como processo de desenvolvimento pessoal e profissional.
- Desenvolver competências no âmbito organização e gestão dos serviços de saúde.
- Participar nos processos de decisão relativos ao quadro jurídico e político da enfermagem.

Condições de acesso e ingresso

- Curso de Bacharelato em Enfermagem (ou equivalência).
- Avaliação Curricular.

Rua da Cruz Vermelha, Cidacos
3720-126 Oliveira de Azeméis
Apartado 1002
Tel. 256 661430
Fax 256 661439
E-mail: [email protected]
Web: http://www.esecvpoa.com/
voltar